PETRÓLEO, ÓLEO, GÁS E OFFSHORE

Os principais desafios de iluminação nas industrias de Petróleo, Óleo, Gás e Offshore além das melhores soluções para cada uma delas

Lanternas para Aplicação em Agronegócio

Reunimos uma série de informações que conseguimos em nossas visitas, junto a depoimentos de trabalhadores das indústrias do petróleo e gás.

Assim, nosso objetivo é enriquecer o conhecimento das empresas do setor sobre os riscos de acidentes, especialmente os relacionados a iluminação em áreas classificadas.

lanternas-para-aplicacao-em-exploracao

DESAFIO: Exploração

  • – Essa fase envolve a descoberta e delimitação de reservatórios, perfurando os chamados “poços exploratórios”. Essa perfuração pode acabar liberando substâncias inflamáveis, havendo um grande risco de explosão em atividades como inspeção e manutenção das máquinas.

SOLUÇÃO DE ILUMINAÇÃO:

Para garantir sua segurança, deve-se utilizar equipamentos intrinsecamente seguros, com certificado para zona 0. Assim, você se certifica que não serão geradas faíscas que podem reagir com os inflamáveis nos poços. As lanternas mais utilizadas aqui são as de cabeça e mão, por sua portabilidade e iluminação direcionada, sendo ideais para inspeção.

HEAD EXH180
Intrant® XPR-5568GX

DESAFIO: Desenvolvimento

  • -Com os poços de desenvolvimento, além da presença de substâncias inflamáveis, são instalados mais equipamentos, que também devem ser inspecionados com frequência.

SOLUÇÃO DE ILUMINAÇÃO:

Aqui também devem ser utilizados equipamentos zona 0. As mais usadas lanternas de cabeça para liberar o uso das mãos, e nosso refletor antiexplosão também é uma boa escolha, sendo sem cabos e com bases magnéticas.

HEAD EX88
HEAD EXH180
XPR - 5592 GX

DESAFIO: Produção

  • – A última etapa do Upstream envolve a extração do petróleo e a operação das plataformas e estações de produção. Também trabalha com substâncias inflamáveis, havendo riscos com qualquer equipamento elétrico que gere faíscas.

SOLUÇÃO DE ILUMINAÇÃO:

Para áreas mais amplas, podem ser utilizados os sistemas de iluminação. Já em espaços menores, as lanternas de cabeça, mão ou refletores são boas opções. Todos devem ser antiexplosão, para zona 0.

XPR - 5592 GX
HEAD EXH180
Intrant® XPR-5568GX

DESAFIO: Altas temperaturas

  • – As caldeiras trabalham em temperaturas extremamente altas, chegando a 370 °C. Assim, as chances de haver uma explosão ou incêndio são enormes, devido a presença de gases e líquidos inflamáveis/combustíveis.

SOLUÇÃO DE ILUMINAÇÃO:

As lanternas de cabeça para zona 0 são as mais indicadas, deixando as mãos livres para o trabalho e asseguradas contra explosão.

HEAD EX88
HEAD EXH180
XPR - 5592 GX

DESAFIO: Inspeção de torres e dutos

  • – O trabalho de refino é feito por meio de torres e dutos, que são espaços confinados. Assim, a inspeção e manutenção desses locais exige equipamentos adequados, devido ao alto risco de explosão.

SOLUÇÃO DE ILUMINAÇÃO:

Devem ser utilizadas lanternas antiexplosão adequadas para zona 0. Nossas lanternas de cabeça são as mais populares para esse tipo de atividade, já que as mãos precisam estar livres.

Já para trabalhos externos, como limpeza e inspeção, nossos refletores sem cabo e um sistema de iluminação de grande potência são muito bem aceitos pela sua comodidade, flexibilidade de uso e segurança.

HEAD EX88
HEAD EXH180
XPR - 5592 GX

DESAFIO: Inspeção de terminais de gás/oleodutos

  • – Sendo áreas classificadas, esses espaços também apresentam risco de explosão. Porém, o trabalho de manutenção e inspeção deve ser frequente para garantir o funcionamento da indústria.

SOLUÇÃO DE ILUMINAÇÃO:

Por isso é necessário novamente o uso de equipamentos certificados para zona 0. Para os espaços confinados, as lanternas de cabeça são ideais, enquanto o refletor é melhor para espaços mais abertos.

HEAD EX88
HEAD EXH180
XPR - 5592 GX
Intrant® XPR-5568GX

DESAFIO: Transporte de cargas perigosas e manutenção de tanques

  • – Durante o transporte, seja por caminhões, navios ou trens, o combustível/gás é levado em tanques, que precisam de inspeção e manutenção. Mesmo com os tanques vazios, ainda pode haver resíduos de combustível suficiente para iniciar uma explosão, por isso é preciso se proteger.

SOLUÇÃO DE ILUMINAÇÃO:

As lanternas de cabeça antiexplosão são as mais recomendadas para essa atividade. Mas, para quem preferir, as lanternas de mão também podem ser utilizadas, desde que sejam adequadas para zona 0.

HEAD EX88
HEAD EXH180

DESAFIO: Abastecimento dos postos de combustível

  • – No processo de abastecimento dos reservatórios (estoque dos postos), eles precisam ser verificados. Esses mesmos tanques sofrem o processo de manutenção.

SOLUÇÃO DE ILUMINAÇÃO:

Nesses ambientes também devem ser usados equipamentos antiexplosão. As lanternas de mão, de cabeça ou refletores sem cabo são boas escolhas.

HEAD EXH180
XPR - 5592 GX
Intrant® XPR-5568GX

DESAFIO: Abastecimento de empresas de GLP

  • – Para encher os botijões de gás, as empresas usam os tanques armazenados em seu depósito. Por isso, a inspeção e manutenção feita nesses ambientes também apresenta altos riscos, até pela presença de resíduos invisíveis.

SOLUÇÃO DE ILUMINAÇÃO:

Para lidar com GLP, é fundamental o uso de equipamento para zona 0. As lanternas de mão e cabeça são excelentes para quem prefere mais mobilidade e uma iluminação direcionada. Já em espaços maiores, podem ser utilizados refletores antiexplosão sem cabo ou sistemas de iluminação antiexplosão, com uma iluminação mais potente e maior alcance.

HEAD EX88
XPR - 5592 GX
Intrant® XPR-5568GX

QUEM USA AS LANTERNAS ANTIEXPLOSÃO RACLITE!

Diversas empresas do Brasil escolhem e confiam nas Lanternas Raclite, tais como:

E centenas de outras grandes, médias e pequenas empresas