Como escolher sua Lanterna de Cabeça Profissional Raclite

Como Escolher sua Lanterna de Cabeça Profissional Raclite?

Especialistas em equipamentos de iluminação portátil para indústrias, na Raclite possuímos 4 categorias principais de produtos: lanternas de mão, de cabeça, refletores e sistemas de iluminação.

As lanternas de cabeça são um dos modelos mais populares de iluminação na Indústria, já que acompanham o trabalhador, mas deixam suas mãos livres para as atividades.

Na Raclite, temos quatro modelos de lanterna de cabeça profissionais disponíveis. Para te ajudar a escolher o mais adequado para suas necessidades, preparamos este post comparando suas principais características. Confira:

Como escolher a potência da sua lanterna de cabeça profissional Raclite?

A característica mais importante em uma lanterna para muitos usuários é a potência. Cada uma de nossas lanternas de cabeça tem potências muito distintas, sendo mais fácil decidir por esse critério.

A mais potente é a Raclite Dunamis 232, nosso modelo mais indicado para mineração, com 232 lumens. Temos também a Raclite EXHT180, com 216 lumens no modo alto e 100 no baixo.

Já a Raclite 160RS possui 160 lumens em modo alto e 48 em modo baixo, enquanto a Raclite EX88 conta com um único modo de 88 lumens.

Veredito: Se você precisa de uma lanterna de cabeça superpotente, a Dunamis 232 e a EXHT180 são as mais indicadas. Mas, para a maior parte dos trabalhos, a Raclite 160RS e mesmo a EX88 são mais que suficientes para dar conta do recado.

Como escolher a autonomia de lanterna de capacete profissional Raclite para sua empresa?

Outra informação muito importante na hora de escolher sua lanterna é a autonomia. Principalmente para o uso no trabalho, é muito importante que o equipamento dure o suficiente para o expediente.

Entre nossos modelos, o de maior autonomia é a Dunamis 232, com 16 horas no total.  Já a EX88 chega a durar 13h, enquanto a EXHT180 faz 5h8min em modo alto e 12h12min em baixo. A Raclite 160RS, por sua vez, fica em 30h no modo baixo e 4h no alto.

Veredito: Nossa lanterna de maior autonomia é a 160RS, em seu modo baixo. Mas, se levarmos em consideração apenas os modos mais altos, a bateria da Dunamis 232 dura mais tempo.

No entanto, todas as nossas lanternas de cabeça têm bateria mais que suficiente para durar todo expediente de trabalho.

Qual lanterna de cabeça profissional Raclite é EX/antiexplosão?

Para trabalhos em áreas classificadas e espaços confinadosé obrigatório o uso de equipamentos anti explosão. As lanternas comuns podem gerar faíscas que, nesse tipo de ambiente, causam explosões.

Assim, se sua indústria requer lanternas anti explosão, temos três modelos para atender suas necessidades: Dunamis 232, EX88 e EXHT180. Toda nossa linha de lanternas EX possuem certificado INMETRO para zonas 0, 1 e 2.

Veredito: Se precisar de um equipamento intrinsecamente seguro para seu trabalho, você tem três opções de lanternas de capacete Raclite para escolher. Mas se essa não for uma exigência na sua indústria, a 160RS é nosso modelo mais indicado.

Como escolher os recursos extras da sua lanterna de capacete profissional Raclite?

Além dos recursos básicos, outro critério importante ao decidir entre diferentes equipamentos são os recursos extras. No caso de nossas lanternas de cabeça, elas contam com alguns diferenciais para te ajudar na escolha da que mais te atende.

Com exceção da Dunamis, todas possuem cinto de interior emborrachado para serem usadas direto na cabeça ou em qualquer capacete.

Já a Dunamis 232 conta com clipe de aço inoxidável para se fixar em capacetes de mineiro, tendo seu ângulo ajustável. Além disso, é a única com painel de OLED indicando a data e autonomia da bateria, sendo também nosso modelo mais resistente à água e poeira (IP68). Também é a única antiexplosão à bateria, sendo recarregada via USB.

A Raclite EX88, por sua vez, possui interruptor rotativo, enquanto a Raclite EXHT180 é ligada/desligada por um botão. Ambas possuem cabeça ajustável em 90° e proteção IP67.

Por fim, a Raclite 160RS tem como grande diferencial seu sensor de acionamento, podendo ser ligada e desligada com um movimento das mãos. Essa função é ideal para o trabalho com luvas ou quando as mãos estão ocupadas com outras ferramentas.

Além disso, sua cabeça é ajustável em 45° e sua bateria recarregável. Também é a única com modo de luz vermelha, ideal para sinalizações de emergência, tendo ainda o modo pisca-pisca (esse último também disponível na Dunamis 232).

Veredito: O maior diferencial entre nossas lanternas de cabeça é o sensor de movimento da 160RS. Além disso, seus modos de emergência também são bastante úteis na indústria.

Mas, se você precisa de uma lanterna EX para capacete, as diferenças entre cada modelo estão mais na potência e autonomia. Ainda assim, a diferença nos botões, resistência e modo de alimentação devem ser levadas em conta na hora de escolher seu modelo.

Conclusão

Após decidir investir em uma lanterna de capacete profissional, é necessário escolher qual modelo comprar. Agora que você já conhece mais detalhes sobre cada uma das três lanternas de cabeça Raclite, esperamos que essa escolha esteja mais fácil.

Se você trabalha em áreas classificadas, que exigem equipamentos anti explosão EX, você pode optar entre a EX88, a EXHT180 ou mesmo a Dunamis 232. A principal diferença entre elas é a potência, ficando de acordo com suas necessidades.

Mas caso um equipamento anti explosão não seja necessário, a Raclite 160RS é o modelo ideal para você.

Atendimento Raclite
Selecione o tipo de atendimento